5 Ted Talk que são verdadeiras aulas de marketing

tedx

Como devemos nos comunicar perante os consumidores determinará o índice de vendas e sucesso dos negócios. Essa maneira de apresentação rápida tem o poder de mudar o pensamento e promover uma explosão de ideias.

Por esta razão, vejamos 5 estratégias de Ted Talk que são verdadeiras aulas de marketing.

1. Como tornar a escolha mais fácil

A dificuldade na escolha. Muitos consumidores se encontram sobrecarregados com muitas escolhas e decisões quando se trata de produtos e serviços. Isso cria um problema para os executivos também, por isso essa é uma das palestras para aquele que quer saber como se decidir..

Na verdade, é um equívoco achar que mais opções lhe trarão mais receita. Estudos específicos que revelam que, quando os consumidores recebem muitas opções, acabam comprando menos.

Quando há muitas opções disponíveis para os consumidores, eles na verdade escolhem não escolher. Ha várias soluções para isso, como por exemplo, uma forma de simplificar e adotar uma estratégia mais eficiente, em vez de fornecer aos clientes uma sobrecarga de escolha.

2. 404, página não encontrada

Esta palestra do Tedx é certamente uma  das conversas que chamam a atenção de todos. Todos nós nos sentimos frustrados com essa página que nos faz apertar os olhos em nossos computadores e desprezar a Internet e qualquer outra empresa com a qual estamos lidando.

Essa coisa chata com a página de erro 404 pode ser vista como uma oportunidade para os profissionais de marketing.

A página de erro é bastante agravante, mas os profissionais de marketing podem realmente aproveitar isso para obter vantagem ao serem criativos com o modo como essas informações são direcionadas a seus usuários e clientes. Um pouco de conteúdo atraente e um toque de designer irão ajudá-lo a se reconectar com seu público e mantê-lo entretido.

3. Ideias inusitadas

As ideias bizarras e ruins às vezes são mais bem-sucedidas do que as chatas. Você precisa de uma nova visão do marketing contemporâneo. Na verdade, implica que o marketing que é bem-sucedido não é tanto sobre o produto, mas mais sobre a disseminação de ideias e o quão bem-sucedido você é a esse respeito.

Uma das partes edificante sobre esta conversa é que as ideias são verdadeiramente poderosas. Estamos vivendo em um momento notável em que as ideias se espalham como fogo. Isso dá a todas as empresas a chance de se tornarem conhecidas. Você tem o que é preciso? Se não, assista essa palestra do Tedx e tenhas o que é necessário.

4. Saiba o que os consumidores querem

A única pergunta que todo profissional de marketing pergunta é: o que os consumidores querem? Joseph Pine fala sobre a autenticidade no século 21 e como os consumidores procuram comprar mais do “autêntico”. É também sua opinião que isso não existe nos mercados de massa.

Joseph Pine aponta alguns conceitos que são incomuns e até mesmo reveladores. Se você quiser aproveitar essa demanda por autenticidade, precisa permanecer fiel a quem você é como marca ou empresa. Há uma maneira de colher os benefícios dessa crescente demanda por experiências autênticas.

5. Usar o Design como poderosas aulas de marketing

O design é poderoso. Design implora por uma resposta emocional. A mensagem que as pessoas recebem antes mesmo de começar a ler. Design e marketing de mídia social andam de mãos dadas. No mundo de hoje, as estratégias de marketing não chegam longe sem um elemento de design.

Os profissionais de marketing precisam de um design excelente para cativar o público e disseminar ideias. Se você deseja ter sucesso nas mídias sociais e manter uma boa reputação, o design thinking pode ser é uma parte inevitável da sua estratégia.

Até os menores detalhes, como a tipografia, podem comunicar emoções. Coisas como cores e tipografia podem ser um divisor de águas na sua estratégia de marketing.

São 5 dicas que mais parecem aulas de marketing e valem a pena serem apresentadas neste modelo Ted Talks. Em 18 minutos é possível disseminar ideias que farão toda diferença nos negócios. Experimente hoje mesmo!

Por que inserir o jovem no mercado de trabalho?

jovem mercado

A economia brasileira ainda precisa crescer bastante, muitas oportunidades estão surgindo e é necessário capacitar os futuros profissionais. Essa tarefa só será possível com a inclusão do jovem no mercado de trabalho, para que ele ganhe experiência e, quando tiver mais idade, possa desenvolver tarefas mais complexas.

A iniciativa ainda é pouco praticada e sofre resistência por parte de algumas empresas, mas essa relação pode ser bastante benéfica para ambas as partes. Enquanto a companhia cumpre sua parte na responsabilidade social e no desenvolvimento da futura economia, os jovens podem ter contato prévio com o mercado e amadurecer seu equilíbrio emocional para enfrentar os desafios que encontrará.

Vejamos agora a importância de inserir o jovem no mercado de trabalho brasileiro, para elevar o nível da capacitação dos nossos profissionais. Confira!

Proporcionar crescimento e aprendizado

Todos os cargos, em qualquer área, podem ser beneficiados com a capacitação do jovem aprendiz. Afinal, nele podem ser incutidos os valores nos quais sua empresa acredita, além de preparar a mão de obra para que o mercado profissional brasileiro se torne mais capacitado e competitivo. Com isso, todas as empresas poderão crescer e enfrentar os negócios internacionais com mais igualdade.

Com a experiência precoce que será adquirida, os futuros profissionais serão capazes de desempenhar atividades com maior nível de exigência e terão mais trato com as questões de disciplina e senso de responsabilidade. Assim, as empresas podem formar mentes comprometidas com a evolução do negócio e um plano de carreira estável.

Desenvolver responsabilidade profissional, social e legislativa

As empresas são peças importantes para a regulação da economia e elas devem retornar uma parte de seus lucros para a sociedade. Isso vai movimentar o mercado e criar condições para que novos negócios sejam feitos. Esse incentivo e apoio profissional inclui a formação de jovens para diversos cargos, seja para atuar na própria empresa ou se candidatar para outras oportunidades.

Também, todas as companhias devem fazer a sua parte na luta por uma sociedade mais igualitária, por isso, contratar um jovem aprendiz é uma chance de conceder o primeiro emprego para ele, garantindo o sustento digno de sua família. Além disso, é importante ter a responsabilidade legislativa de seguir o que manda a “Lei do Aprendiz”, como a reserva de 5% e 15% de jovens aprendizes para desempenhar alguma função dentro das empresas de médio e longo portes.

Como entrevistar um jovem aprendiz

Esse processo pode ser dividido em cinco fases:

  • análise do currículo;
  • contato por telefone;
  • redação;
  • dinâmica;
  • e entrevista individual.

Assim, é preciso observar se o currículo está bem estruturado, se o candidato demonstra interesse no contato telefônico, a habilidade de comunicação e trabalho em grupo na dinâmica. Já na entrevista são feitas perguntas para certificar de que aquela é a pessoa certa para a vaga. Como é o primeiro emprego da maioria dos candidatos, a questão da experiência não deve ser considerada.

Os maiores indicadores serão o interesse pela vaga, vontade de aprender, articulação de ideias escritas e verbais, além de um perfil semelhante ao que a empresa procura. Com isso, basta uma avaliação atenta aos detalhes e uma conversa franca, para encontrar o jovem aprendiz ideal para sua empresa.

As oportunidades para o jovem no mercado de trabalho devem ser concedidas não somente pela força da lei, mas, sobretudo, pela consciência da importância que essas chances têm de mudar a vida dos indivíduos, de suas famílias e da sociedade como um todo. Somente dessa forma podemos construir uma economia mais forte e competitiva, semeando o futuro.

Agora que você conhece a importância de contratar jovens, compartilhe este post nas suas redes sociais e mostre aos seus colegas como essa iniciativa pode ser benéfica.

6 Teds sobre inovação empresarial

inovação empresarial

A inovação nas empresas é um tema que tem sido extremamente explorado. Afinal, marcas inovadoras atraem mais atenção do público, se comunicam melhor com seus clientes e, claro, conseguem se destacar, em uma sociedade em que existe cada vez menos diferenciação entre os produtos e serviços de marcas distintas. Caso você não conheça muito bem o que é, e quer entender um pouco mais sobre o tema, a Escola de Design Thinking pode te ajudar com isso.

Para lhe ajudar a ter insights que realmente ajudem a inovar, nós separamos alguns Teds imperdíveis. Vem ver!

  1. Design Thinking com David Kelley

O design thinking é uma das tendências mais fortes quando falamos sobre inovação nas empresas. E isso não é por acaso, afinal a metodologia coloca o ser humano como centro de todas as alterações e modificações propostas pelos negócios.

Neste Ted, David Kelley, da IDEO, apresenta um pouco mais sobre essa abordagem, ajudando os empreendedores a colocarem os seus consumidores no centro de qualquer inovação.

  1. Como gerir uma empresa com quase nenhuma regra, Ricardo Semler

Muitas pessoas comentam que os assuntos permeiam a inovação empresarial sempre abordam uma realidade muito distante do cenário brasileiro. O grande diferencial desse Ted é que ele é promovido justamente por um CEO brasileiro, o Ricardo Semler.

Ao longo da palestra, Ricardo fala sobre um modelo extremamente democrático de gestão, que promove o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional e ainda celebra a sabedoria dos colaboradores.

  1. A felicidade como segredo para trabalhar melhor, Shawn Achor

Você já imaginou que a felicidade pode ser o propulsor da sua empresa? É isso que Shawn Achor propõe neste Ted.  O pesquisador de Harvard mostra a íntima relação entre sucesso e felicidade e argumenta como a felicidade pode ser o caminho para atingir o sucesso (e não ao contrário como muitas pessoas pensam).

  1. Designers, pensem grande, Tim Brown

Novamente o design é colocado no centro das inovações. Neste Ted, Tim Brown propõe uma reflexão aos designers, mostrando que esses profissionais estão muito ocupados criando pequenos objetos estilosos e da moda, quando poderiam contribuir para mudanças mais profundas por meio do design thinking.

Mesmo para aqueles que não são designers, a palestra é um bálsamo de inovação, propondo um olhar completamente diferente e ajudando a inovar colocando em prática as proposições do design thinking.

  1. Como gerenciar a criatividade coletiva, Linda Hill

Será que você está aproveitando todo o potencial criativo dos seus funcionários no dia a dia da sua empresa? Essa é a reflexão proposta neste Ted, liderado pela professora de Harvard e co-autora do livro “Collective Genius”.

Na palestra, ela fala sobre os estudos feitos com as empresas mais criativas do mundo e as ferramentas usadas para manter as ideias fluindo pelos negócios.

  1. Os hábitos surpreendentes dos pensadores originais, Adam Grant

O que diferencia uma pessoa criativa? Afinal, da onde vem as grandes ideias? Todo esse mistério é decifrado por Adam Grant, neste Ted, no qual ele analisa os principais pensadores da nossa história, mostrando alguns hábitos surpreendentes.

Entre esses está o fato de essas pessoas “abraçarem o fracasso”, ou seja, elas compreendem que é necessário ter muitas ideias ruins, para finalmente encontrar uma boa.

Dica extra: Design Thinking para empreendedores

Como você viu, entre as tendências de inovação nas empresas, o design thinking é um dos que mais tem se destacado. E hoje já existem escolas brasileiras destinadas a ensinarem essa metodologia.

Uma delas é a Escola de Design Thinking da Echos, que conta com uma especialização voltada justamente para promover e acelerar a inovação nas empresas. Diferente do que é possível encontrar no mercado, a Echos usa uma metodologia prática e você sairá dessa especialização com muitas inovações incríveis para o seu negócio (por isso, incluímos essa ideia como uma dica a mais).

E, então, depois de ver esses Teds sobre inovação nas empresas, já está mais fácil começar a desenvolver projetos criativos no seu negócio? Se você gostou deste conteúdo, aproveite e compartilhe o nosso post com os seus amigos nas suas redes sociais!

O que são os TEDx Talks no Brasil?

A TEDx Brasil é uma versão independente de uma das conferências mais importantes e inovadoras do mundo, a TED (tecnologia, entretenimento e design). Essa é uma ONG criada nos EUA, em 1984, e ela tem o intuito de propagar “ideias que merecem ser compartilhadas”.

Nas convenções TED, realizadas oficialmente duas vezes por ano, são convidados empreendedores e pensadores de todo o mundo para darem palestras curtas. A plateia é limitada e bastante concorrida, já que grandes mentes do planeta discursarão no dia.

Veremos como essa concepção evoluiu e ganhou o mundo pela internet. Confira!

tedx são paulo

O que são TEDx Talks?

São vídeos, com falas de até 18 minutos, filmadas nos eventos TEDx. Esses encontros são independentes, mas licenciados e orientados pela organização TED. O “x” no final, é justamente para indicar que aquele acontecimento é realizado por entidades autônomas em todo o mundo.

Essa ideia visa apoiar diferentes iniciativas com o propósito de melhorar o mundo. Já foram feitas mais de 5.000 TEDx em todo o globo e algumas dessas falas são selecionadas para virarem vídeos de TED Talks, que podem ser postados no site do TED e em vários outros locais, como o Youtube.

Além de serem traduzidas pelo Open Translation Project, que disponibiliza o material para que voluntários possam legendar em diversas línguas, atualmente, eles estão disponíveis em mais de 90 idiomas.

Como o evento é organizado?  

 

Os TEDx, geralmente, são programas locais produzidos por entidades independentes, que desejam usar o formato da conferência para propagar ideias e compartilhar experiências. São convidadas pessoas ilustres para falar a um público e tempo limitados. As diretrizes são definidas pela TED Conferences, para que o modelo não seja perdido.

Elas contêm uma mistura de TEDx Talks e palestras, a fim de provocar discussões sobre os temas, debatendo e criando conexões, com a interação entre palestrantes e o público.

Como fazer uma boa palestra para o TEDx Brasil?

Para auxiliar no trabalho de criar um discurso que seja completo e caiba em 18 minutos, foi feito um manual com os princípios para um bom TEDx. Esse guia, formulado pelos criadores das conferências TEDx, é especial para quem deseja aperfeiçoar sua oratória por meio dessa forma inovadora de falar em público.

O importante primeiro é assistir a alguns vídeos de TED Talks, para se familiarizar com essa tendência e suas especificidades. Dessa forma, é possível entender o formato e o porquê de sua eficácia, em um período de tempo restrito.

Para auxiliar no desenvolvimento de ideias, para que elas se tornem mais completas e atrativas, o comitê do TED sugere a reflexão de respostas para três questões: Essa é uma ideia nova? Ela é interessante? Essa concepção é realista? Se a resposta for não em alguma das perguntas, talvez seja preciso refinar esse pensamento mais um pouco.

Além disso, é essencial que o orador seja um especialista no assunto, já que as pessoas absorvem conhecimento de quem fala e, provavelmente, tomarão decisões baseadas no que aprenderam. Logo, é importante, se necessário, consultar fontes e ensaiar a fala antes da apresentação. Isso ajuda a identificar pontos a melhorar e acertar o tempo da palestra, para não exceder os 18 minutos.

As TEDx Brasil são uma ótima oportunidade para quem tem alguma ideia ou história inspiradora para propagar. Elas estão se popularizando e espalhando pelo país, basta encontrar alguma entidade licenciada e entrar em contato para saber mais detalhes. Além de ficar alerta acerca das programações, para poder participar desses eventos tão inspiradores.

 

Se você tem alguma dúvida ou deseja compartilhar a sua opinião, deixe um comentário no post, queremos saber o seu ponto de vista!